A principal estratégia definida na última quarta-feira (20), na Secretaria de Saúde do Paraná, foi a adoção de um aplicativo móvel para integrar a população às ações contra a proliferação do aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, febre amarela, chikungunya. Das 399 cidades, 56 já estão com o Controle de Endemias diretamente cadastrados no sistema do app Radar Cidadão. A meta é operacionalizar a ação em todos os municípios do Estado até o final desta semana.

Com o aplicativo Radar Cidadão, que pode ser baixado do Google Play e da loja IOS, o usuário pode fotografar ou filmar o foco da larva do mosquito, geolocalizar com o GPS e o sistema garantirá a entrega da informação ao Controle de Endemias de cada cidade. Como o app tem opções de denúncias sobre outras demandas sociais e estruturais, as demais informações são reencaminhadas à ouvidoria de cada município.

A eficiência da ação depende da divulgação da ferramenta, que é gratuita para a população e poder público. Mais informações sobre o Radar Cidadão podem ser encontradas no www.radarcidadao.com.br .

 

CIDADES COM CONTROLE DE ENDEMIAS INTEGRADOS AO APP

Abatiá
Ampére
Andira
Bandeirantes
Barracão
Bela Vista
Boa Esperança
Bom Jesus
Braganey
Cascavel
Cafelândia
Capanema
Colombo
Congonhinhas
Cornélio Procópio
Cruzeiro do Iguaçu
Curitiba
Dois Vizinhos
Enéas Marques
Flor da Serra
Francisco Beltrão
Guaraniaçu
Itambaraca
Leopolis
Londrina
Manfrinópolis
Marmeleiro
Nova América da Colina
Nova Esperança
Nova Fátima
Nova Prata do Iguaçu
Nova Santa Bárbara
Paranaguá
Pérola do Oeste
Pinhal de São Bento
Planalto
Pranchita
Rancho Alegre
Realeza
Renascença
Ribeirão do Pinhal
Salgado Filho
Salto do Lontra
Santa Amélia
Santa Cecília do Pavão
Santa Izabel do Oeste
Santa Mariana
Santo Antônio do Paraíso
Santo Antônio do Sudoeste
São Jerônimo da Serra
São Jorge d’Oeste
São Sebastião da Amoreira
Sapopema
Sertaneja
Uraí
Verê

 

 

Tags: COMMENTS

O aplicativo Radar Cidadão é a tecnologia oficial adotada pelo governo do Paraná, nas ações de prevenção e combate à proliferação do Aedes Aegypti. A Secretaria Estadual de Saúde (SESA) emitiu nota explicando como a população pode utilizar a ferramenta e contribuir na batalha contra o mosquito. O Radar – desenvolvido em Cascavel pelos jovens empreendedores Anselmo Battisti, Fernando Hallberg e Jefferson Lobo – está disponível sem custo à população e ao Poder Público. Ainda ontem (13), via redes sociais, o governador Beto Richa orientou a população sobre o uso do app.

CLIQUE E LEIA MAIS NO SITE D GOVERNO DO PARANÁ

 

Tags: COMMENTS

POR LUIZ CARLOS CRUZ, especial para a Gazeta do Povo >

Um aplicativo para telefone celular idealizado em Cascavel, no Oeste do Paraná, se tornou uma importante ferramenta no combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, zika vírus e febre chikungunya. Com ele é possível que qualquer cidadão denuncie às autoridades sanitárias, em tempo real, locais com acúmulos de lixo, água parada e outros entulhos que possam se transformar em focos do mosquito. O aplicativo Radar Cidadão já está sendo utilizado por algumas prefeituras do Paraná como Cascavel, Curitiba, Paranaguá, Ubiratã e Londrina.

A cidade de São Miguel (RN) foi a primeira fora do Paraná a fazer o uso da plataforma. Na próxima terça-feira (12) ocorrerá uma reunião com autoridades de saúde de 37 municípios do Rio Grande do Norte que pretendem utilizar a ferramenta. O estado vive uma epidemia de casos de microcefalia relacionada ao zika vírus. Mais de 170 bebês foram diagnosticados com microcefalia no estado potiguar.

LEIA MATÉRIA COMPLETA NA GAZETA DO POVO

 

Tags: COMMENTS

A tecnologia vem ganhando força na luta contra o aedes aegypti em dezenas de cidade brasileiras. O aplicativo Radar Cidadão, desenvolvido em Cascavel (PR) também é a nova arma dos paranaenses para prevenir a proliferação das doenças transmitidas pelo mosquito.
A RPC preparou um material sobre o uso do app e exibiu na 1ª e 2ª edição do Paraná TV da segunda-feira (11) e no Bom Dia Paraná desta terça-feira (12)

Tags: COMMENTS